5 Respostas

LessRock 15/10/2010 12:01 0 0

A melodia da música foi criada pelas irmãs americanas Mildred e Patricia Smith Hill. Em 1875, essas duas professoras primárias de Louisville, no estado do Kentucky, resolveram compor uma canção para as crianças cantarem na entrada da escola. Nascia então “Good Morning to All” (“Bom dia a Todos”), com uma letra bem diferente da atual. As irmãs registraram a música em 1893, mas em 1924 ela apareceu sem autorização num livro editado pelo americano Robert Coleman, que surrupiou a melodia e a primeira frase de “Good Morning to All” – o segundo verso ele já alterou para “Happy Birthday To You”, o popular “parabéns a você”. Na nova versão, a música ganhou popularidade. Mas, em 1933, Jessica Hill, irmã das criadoras da melodia, resolveu brigar na Justiça pelos direitos autorais da música. Ela venceu: desde então, acredite se quiser, é preciso pagar royalties para tocar o “Parabéns” no rádio, na TV ou no cinema. Segundo a revista americana Forbes, a gravadora Warner – a atual detentora dos direitos da música – fatura em média 2 milhões de dólares por ano só com os royalties do “Parabéns”. E como a música chegou ao Brasil? Por aqui, a rádio Tupi do Rio de Janeiro organizou em 1942 um concurso para escolher uma letra que casasse com a melodia de “Happy Birthday To You”. A vencedora foi a paulista Bertha Celeste Homem de Mello, que até sua morte, em 1999, fazia questão de que as pessoas cantassem a letra do jeito que ela escreveu: “Parabéns a você / Nesta data querida / Muita felicidade / Muitos anos de vida.”

Gabii' 15/10/2010 12:02 0 0

Berta Celeste Homem de Mello é a autora da letra, em português, da música mais popular de todos os tempos, Parabéns a Você, até então cantada em inglês no Brasil

No dia de hoje, no Brasil, 400.000 pessoas estão aniversariando. Em um país como o nosso, de enormes desigualdades sociais, é bem provável que todas essas celebrações tenham uma única coisa em comum: a música Parabéns a Você. Ela é, com certeza e com folga, a melodia mais conhecida e mais cantada no país em todos os tempos, e dificilmente algum dia terá uma concorrente à altura.

Sua história começa no Estados Unidos, em 1875. Duas professoras primárias da cidade de Louisville, no Estado de Kentucky, as irmãs Mildred e Patricia Hill. Resolveram compor uma quadrinha para seus alunos cantarem quando chegassem à escola, pela manhã. O resultado foi Good Morning To All ( Bom dia para todos ), uma simples e despretensiosa melodia em que o título era também a letre inteira, repetida quatro vezes em tons levemente diferentes.

Meio século mais tarde, em 1924, uma editora musical americana lançou um livro de partituras, o Celebretion Songs. Como na época não havia uma música própria para ser tocada em aniversários, a editora “emprestou” a melodia das irmãs Smith Hill e rebatizou-a como Happy Birthday To You ( Feliz aniversário para você ). De novo, quase nada aconteceu. Mas, nove anos depois, 1933, a canção foi usada como tema de uma peça teatral na Broadway, em Nova York, não por acaso intitulada Happy Birthday To You.

A música se espalhou pelo mundo e chegou ao brasil no final da década de 30. Aqui era cantada nas festinhas das famílias abonadas, em inglês mesmo. A letra original tinha apenas uma frase, happy birthday to you, repetida quatro vezes, sendo que, na terceira linha, o to you era substituído por um dear, mais o nome do aniversariante. Só que tinha alguém que não estava achando graça nenhuma naquela invasão musical alienígena. Era o cantor Almirante, pseudônimo de Henrique Foréis Domingues, que também apresentava, na Rádio Tupi do Rio de Janeiro, um programa de grande audiência sobre música brasileira. Nacionalista fervoroso, Almirante se sentia incomodado com aquela coisa de brasileiro ficar enrolando a língua e, em 1942, decidiu promover um concurso para escolher uma letra “mais nossa” para a melodia americana.

Uma das 5.000 cartas que chegaram à Rádio Tupi veio da cidade paulista de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, SP. Foi escrita em apenas cinco minutos por Bertha Celeste Homem de Mello,nascida em Pindamonhangaba em 21 de março de 1902,filha única de um casal de fazendeiros, formada em farmácia, casada e mãe de uma filha. O júri encarregado da escolha era composto por membros da Academia Brasileira de Letras: Olegário Mariano, Cassiano Ricardo, e Múcio Leão, e os três se encantaram com o versinho de Bertha Celeste, por dois motivos: era um dos poucos que tinha quatro linhas diferentes ( a maioria preferiu repetir a mesma frase quatro vezes ). Dava de goleada até na letra original…

Bertha Celeste tinha 40 anos quando escreveu a quadrinha de Parabéns a Você. Depois de se tornar conhecida em todo Brasil, doutorou-se em Letras e dedicou-se à poesia.

Burro 15/10/2010 12:54 0 0

A melodia da música foi criada pelas irmãs americanas Mildred e Patricia Smith Hill. Em 1875, essas duas professoras primárias de Louisville, no estado do Kentucky, resolveram compor uma canção para as crianças cantarem na entrada da escola. Nascia então “Good Morning to All” (“Bom dia a Todos”), com uma letra bem diferente da atual. As irmãs registraram a música em 1893, mas em 1924 ela apareceu sem autorização num livro editado pelo americano Robert Coleman, que surrupiou a melodia e a primeira frase de “Good Morning to All” – o segundo verso ele já alterou para “Happy Birthday To You”, o popular “parabéns a você”. Na nova versão, a música ganhou popularidade. Mas, em 1933, Jessica Hill, irmã das criadoras da melodia, resolveu brigar na Justiça pelos direitos autorais da música. Ela venceu: desde então, acredite se quiser, é preciso pagar royalties para tocar o “Parabéns” no rádio, na TV ou no cinema. Segundo a revista americana Forbes, a gravadora Warner – a atual detentora dos direitos da música – fatura em média 2 milhões de dólares por ano só com os royalties do “Parabéns”. E como a música chegou ao Brasil? Por aqui, a rádio Tupi do Rio de Janeiro organizou em 1942 um concurso para escolher uma letra que casasse com a melodia de “Happy Birthday To You”. A vencedora foi a paulista Bertha Celeste Homem de Mello, que até sua morte, em 1999, fazia questão de que as pessoas cantassem a letra do jeito que ela escreveu: “Parabéns a você / Nesta data querida / Muita felicidade / Muitos anos de vida.”

Por favor, votem no meu priminho para o bebê jhonson.

Quero informar a vocês pra votar em CARLOS AUGUSTO MACIEL GUEIROS LUCENA na promoção do site http://www.bebejohnson.com.br que é necessário se cadastrar quando for votar pela primeira vez pra poder o voto ser computado. Ao clicar pra votar vai aparecer o espaço a ser preenchido fazendo o login e digitando o CPF, não se preocupem que o site é muito seguro. Agradeço de coração a todos que dedicarem um momento do seu dia para votarem nele. beijinhos ;D

Link direto para a página onde o Carlinhos está:
http://fotos.bebesdocalendario.com.br/service/searchEverything.kickAction?as=175101&keywords=carlos+augusto+maciel+gueiros+lucena+&includePhoto=on&d-7095067-p=3

Obs.: Só aparecerá a quantidade certa de votos quando você se cadastrar ;D

Feitosa 15/10/2010 13:00 0 0

A melodia da música foi criada pelas irmãs americanas Mildred e Patricia Smith Hill. Em 1875, essas duas professoras primárias de Louisville, no estado do Kentucky, resolveram compor uma canção para as crianças cantarem na entrada da escola. Nascia então “Good Morning to All” (“Bom dia a Todos”), com uma letra bem diferente da atual. As irmãs registraram a música em 1893, mas em 1924 ela apareceu sem autorização num livro editado pelo americano Robert Coleman, que surrupiou a melodia e a primeira frase de “Good Morning to All” – o segundo verso ele já alterou para “Happy Birthday To You”, o popular “parabéns a você”. Na nova versão, a música ganhou popularidade. Mas, em 1933, Jessica Hill, irmã das criadoras da melodia, resolveu brigar na Justiça pelos direitos autorais da música. Ela venceu: desde então, acredite se quiser, é preciso pagar royalties para tocar o “Parabéns” no rádio, na TV ou no cinema. Segundo a revista americana Forbes, a gravadora Warner – a atual detentora dos direitos da música – fatura em média 2 milhões de dólares por ano só com os royalties do “Parabéns”. E como a música chegou ao Brasil? Por aqui, a rádio Tupi do Rio de Janeiro organizou em 1942 um concurso para escolher uma letra que casasse com a melodia de “Happy Birthday To You”. A vencedora foi a paulista Bertha Celeste Homem de Mello, que até sua morte, em 1999, fazia questão de que as pessoas cantassem a letra do jeito que ela escreveu: “Parabéns a você / Nesta data querida / Muita felicidade / Muitos anos de vida.”

PamellaGabi *-* 15/10/2010 15:33 0 0

Cara, pra te dizer a verdade, as musicas de criancas no Brasil sao sem pé nem cabeca e ninguem sabe quem inventou tais coisas, Como por exemplo, voce já viu o boi da cara preta? e o Nana Nene?, estes dois pra por a crianca pra dormir… como? Já viu a letra que coisa horrorosa? Dá é medo!. e o Atirei o Pau no Gato?, o Ibama deveria proibir esta musica!!!!, o Parabéns pra voce vai bem até quando chega no…” E pro fulano é nadaaaaa….tudoooooo, e como é que é? éeeeeeeeeeeeee, é pic, é pic, etc… A pessoa sempre fica com cara de trouxa!!!!.
E olha que tem o sapo que nao lava o pé, bumba meu boi ( que é aquele boi com chifre, etc… por ai vai).

Responder