Anônimo 11/11/2009 01:11 Zoologia
Avatar

preciso de respostas sobre o avestruz e emu?

como são as asas dessas aves e que característica favorece o seu deslocamento no ambiente em que vivem, procurando alimento ou fugindo de predadores?

3 Respostas

Hugo carro Negão 11/11/2009 14:06 1 0

O avestruz é uma ave não voadora, originária da África, que leva o nome científico Struthio camelus.
É a única espécie viva da família Struthionidae, e do género, Struthio.
Pertence à ordem das Struthioniformes – aves não voadoras.
Desta ordem também fazem parte a ema, originária da América do Sul e o emu e casuar, nativos da Austrália.

Descrição
Avestruzes normalmente pesam de 90 a 130 kg, embora alguns avestruzes machos tenham sido registrados com pesos de até 155 kg. Na maturidade sexual (entre 2 e 4 anos de idade), avestruzes machos podem possuir de 1,8 m a 2,7 m de altura, enquanto as fêmeas alcançam de 1,7 m a 2 m. Durante o primeiro ano de vida crescem cerca de 25 cm por mês. Em um ano um avestruz pesa cerca de 45 kg.

As pequenas asas vestigiais são usadas por machos como exibição para fins de acasalamento.

As penas são macias e servem como isolante térmico e são bastante diferentes das penas rígidas de pássaros voadores. Possui duas garras em dois dos dedos das asas, sendo a única ave que possui apenas 2 dedos em cada pata. As pernas fortes do avestruz não possuem penas. Suas patas têm dois dedos, sendo que apenas um tem unha enquanto o maior lembra um casco. Seu aparelho digestivo é semelhante ao dos ruminantes e seus olhos, com suas grossas sobrancelhas negras, são os maiores olhos das aves terrestres.

Características
Este artigo ou secção não cita nenhuma fonte ou referência
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé. Encontre fontes: Google – news, books, scholar, Scirus

Altura média: 2 a 2,5 m.
Peso: de 100 a 150 kg.
Velocidade: até 80 km/h.
Expectativa de vida: 50 a 70 anos, sendo 20 a 30 anos de vida reprodutiva.
São aves polígonas e não migratórias. Adapta-se com facilidade e vive em áreas montanhosas, savanas ou planícies arenosas desérticas. Seus hábitos alimentares são onívoros, o avestruz come ervas, folhagem de árvores, arbustos e todo pequeno vertebrado e invertebrado que consiga capturar.

Embora não voe, por ter asas atrofiadas, as longas, fortes e ágeis pernas, permitem que ele atinja até a velocidade de 80 km/h com vento favorável (média de 65 km/h), pois em uma só passada cobre 4 a 5 metros. Além da velocidade máxima, tem também uma resistência impressionante, podendo viajar a 70 km/h durante 30 minutos. Tem o pescoço longo, a cabeça pequena, e tem dois dedos muito grandes (em cada pata) que se assemelham a cascos.

Comportamento

Cabeça de uma avestruz vivem em grupos nômades de 5 a 50 aves que frequentemente viajam juntos com outros animais ruminantes, tais como zebras e antílopes. Percorrem longas distâncias à procura de sementes e outros produtos vegetais (que consequentemente faz com que sejam seminómadas); ocasionalmente eles também comem animais como gafanhotos. Como não possuem dentes, eles engolem pedrinhas que ajudam a esmagar os alimentos engolidos no papo. Eles podem ficar sem água por muito tempo, vivendo exclusivamente da umidade das plantas consumidas. Entretanto, eles gostam de água e tomam banhos frequentemente.

Com visão e audição aguçadas, eles podem detectar predadores tais como leões de uma grande distância.

Na mitologia popular, o avestruz é famoso por esconder sua cabeça na areia ao primeiro sinal de perigo.
O escritor romano Plínio o Velho é notado por suas descrições do avestruz em sua Naturalis Historia, onde ele descreve o suposto hábito dos avestruzes de esconder a cabeça em arbustos. Nunca houve observações registradas deste comportamento e um contra-argumento comum a isto é que uma espécie que exibisse tal comportamento não sobreviveria por muito tempo. O mito pode ter surgido do fato de que, de uma certa distância, quando avestruzes se alimentam eles parecem estar enterrando sua cabeça na areia pois eles deliberadamente engolem areia/pedras para ajudar a esmagar sua comida. Quando deitados ou se escondendo de predadores, eles são conhecidos por deitar sua cabeça e pescoço rente ao chão. Quando ameaçados, avestruzes fogem, mas podem também ferir seriamente seus inimigos através de coices por meio de suas poderosas pernas.

NinhO. 11/11/2009 15:04 0 0

o Hugo falou tudo

Roberto Monteiro 12/11/2009 15:19 0 0

Sei la.

Responder