3 Respostas

Matheus Ramas 03/10/2010 15:11 0 0

não prejudica o motor e realmente é mais econômico. Só vai precisar atentar para não deicar o carro morrer no meio do trânsito.

Cláudio 03/10/2010 16:00 0 0

Oliveira. Você pode fazer isso, mas é errado. Você esta numa velocidade muito baixa, para usar essa marcha, você economiza um pouco de combustível, porque seu carro vai estar andando em uma rotação bem baixa. Mas nessa sua economia de combustível, você esta fazendo muita coisa errada. E ao contrário do que muitas pessoas pensam, isso SIM! Prejudica o motor. Uma coisa é você andar em baixa rotação, mas na marcha certa. Outra coisa bem diferente é você estar em baixa rotação em uma marcha errada.

Quando você esta fazendo isso, de andar a 60 Km/h em 4ª marcha, para o carro é a mesma coisa que você esta vindo numa rua plana, e pegar uma subida e o carro “fica pedindo” a redução da marcha, e você só senta o pé no acelerador, e faz ele subir assim mesmo. Isso causa um excesso de tripilação, Se você for prestar a atenção, notara que o seu carro vai estar vibrando mais, quando você estiver fazendo isso, então logo, pode haver umas folgas. Como o motor vai estar sendo forçado, então o motor vai aquecer mais rapidamente, podendo ter até um super-aquecimento e um desgaste prematuro do conjunto, como um exemplo as engrenagens, entre outras peças. E depois se estraga esse tipo de coisa, o que tu economizou em combustível, não vai da pra pagar o concerto.

Se você quer fazer uma coisa que não tem problema nenhum, e que vai economizar combustível sem danificar o motor, é você ficar de olho no RPM do seu carro. Você não ultrapassando os 3.000 à 3.500 RPM na marcha certa, você já vai estar economizando combustível. A diferença do meu método para o seu método é que eu quero que você ande na marcha correta! Você não disse o modelo do seu carro, se você tivesse dito, eu já diria que velocidades eram certas para cada marcha. Uma observação que eu deixo a você, por mais que você queira economizar combustível, é importante que uma vez ou outra, tu de uma esticada nas marchas e faça o carro pegar uma boa velocidade (faça isso com segurança), porque, se você começar a andar sempre com seu carro em baixas rotações, ele vai começar a não desenvolver muita velocidade, pois ele vai acostumar com a “vida mansa”. Então uma vez ou outra, faça isso. Mas não precisa ser muito seguido!

Mas não faça mais isso de andar na marcha errada forçando o motor. Porque isso além de prejudicar o motor, vai que um dia você precise de uma resposta rápida do motor, se você não estiver na marcha certa, ele não vai te dar essa resposta, ou pior, ainda se tu pisar fundo no acelerador em baixas rotação ele pode até apagar…

Espero ter ajudado!

A b A 秘密警察 06/10/2010 17:39 1 0

Quando seu carro não dispõe de marcador das rotações do motor o ideal é se basear pela velocidade. Alguns carros até contam com uma marca no velocímetro para facilitar, mas como regra pode-se adotar o seguinte esquema: ao arrancar, procure não esticar demais a primeira marcha, ao atingir 20 km/h já é o suficiente para trocar pela segunda. Na segunda utilize até 30 ou 35 km/h, passe para a terceira e nela permaneça até no máximo 45 ou 50 km/h. Na quarta vá para 60 km/h e se for andar por determinado tempo nessa velocidade passe para a quinta marcha. Se você estiver em uma estrada em que a velocidade limite for de 120 km/h, por exemplo, você pode acelerar em terceira até 60 km/h, depois na quarta até 90 km/h e na quinta até os 120 km/h.

saiba mais:http://fernandosintaxial.spaces.live.com/blog/cns!ED2E8C79A655FA91!2342.entry

Responder