Anônimo 21/01/2011 06:01 Gatos
Avatar

fezes com sangue em felinos?

minha gatinha foi castrada dia 17/01. A veterinária receitou flotril 500mg meio comprimido ao dia por 6 dias. Porém, minha gatinha começou a fezer fezes mole no 2º dia, e no 4º dia começou a sair um pouquinho de sangue junto com as fezes moles. Vou procurar a veterinária amanhã, mas gostaria de saber a opnião do pessoal que tem gatos a mais tempo que eu. Por favor, se alguém puder me responder ficarei muito agradecida. Abraços a todos.

7 Respostas

Renata S 21/01/2011 18:53 0 0

A presença de brilhantes ou vestígios de sangue fresco nas fezes é clinicamente denominado como «Hematochezia ‘. Essa doença é muito comum nos animais domésticos, especialmente cães e gatos. No entanto, não deve ser confundida com “Melena ‘, que geralmente é o alcatrão e excreção de fezes escuras. Passagem de sangue pode indicar, por vezes menores distúrbios no corpo de seu gato. Mas, em certas condições, Hematochezia podem indicar problemas graves como o cancro ou outras doenças terminais. Repetido sangrenta evacuou em seu animal nunca deve ser esquecido. Uma conta dos sintomas, causas e soluções de Hematochezia em gatos são estabelecidos a seguir.

Sintomas
A condição é caracterizada pelos seguintes sintomas
Presença de sangue nas fezes partículas
Aumento evacuou
Exercendo simultaneamente defecating
Inatividade e letargia
Súbita perda de apetite
A excessiva ingestão de água
A diurese excessiva ou urinra
Súbita perda de peso
Vômitos freqüentes
Causas
Algumas das principais causas da doença são
Infecções bacterianas como Clostridia, E coli e Salmonella
A ingestão de substâncias tóxicas, como veneno ou rato casa limpeza.
Enteroparasitas como tapeworms, ancilostomídeos e roundworms.
Consumo de insalubres ou alergia alimentar são impróprios para os gatos.
Presença de tumores benignos no reto ou cólon.
Invaginação de uma parte do intestino para outra.
«Coagulopatia” ou distúrbio na coagulação do corpo.
A ingestão de algumas drogas alérgicos e antibióticos.
Cancro da parte inferior do intestino (neoplasia).
Inflamação do intestino ou ‘Colite’.
Remédios
Conheça algumas soluções para o problema de mandril
Fornecer uma dieta branda que é rica em fibras e de baixa / moderada em gorduras.
Evite dar comida de gato enlatado comercial e para o animal.
Abster-se de alimentá-lo tabela recados ou alimentos gordos.
Dê medicações para ‘deworming’, em caso de infecções parasitárias.
Proporcionar antibióticos com anti-inflamatórios e propriedades antibacterianas.
Administrar medicamentos para controlar a taxa de circulação dos alimentos nos intestinos.
Se você não vê qualquer melhoria na saúde do seu gatinho, consultar um veterinário imediatamente.

♥ɱiяna♥ 21/01/2011 21:04 0 0

Pode ser um verme de nome giárdia, as fezes ficam amolecidas e até dá diarréia no animal. E junto sai sangue gelatinoso.
Mas como a cirurgia é muito recente, pode ter alguma relação ao sangue nas fezes. Um exame de ultrassonografia seria o ideal para tirar todas as dúvidas em relação à cirurgia de castração.
E o Flotril pode dar diarréia no gato, é antibiótico.

Sandrinha 22/01/2011 3:08 0 0

Pode ser giardia, que costuma dar pequenas raias de sangue juntamente com muco nas fezes. Observe.

Kleo 22/01/2011 3:58 0 0

O antibiótico pode ter dado a diarreia e o sangue pode ser devido à presença de giardia.

Bashir 22/01/2011 5:26 0 0

Giardias costumam provocar fezes um pouco amolecidas com muco e estrias de sangue. Pode ser que seja isso. O antibiótico pode provocar o amolecimento das fezes também. Converse com a veterinaria.

Borboleta Lilás 22/01/2011 13:42 0 0

Como já foi dito, o antibiótico pode dar diarréia. A presença de sangue pode ser tão somente por irritação do reto causada pela diarréia. Antes de se desesperar, fique calma. Se vai levar a gatinha amanhã ao vet, ligue hj para ela e peça informações sobre como proceder.

beijos e saúde.

Ju Perry 22/01/2011 15:36 0 0

O sangue nas fezes pode indicar, desde a presença de vermes, protozoários, bactérias patogênicas ou vírus, até uma sensibilidade aos componentes da ração.

Alguns animais podem apresentar dificuldades de digestão ou absorção de nutrientes e, embora tenha apetite e estejam vivazes, continuam magros. Isso, principalmente se associado a diarréia crônica, deve ser investigado mais profundamente pelo Veterinário.

Outra possibilidade é a presença de vírus que causam enterites. Na maior parte dos casos, os vírus entéricos (coronavírus felino, vírus da panleucopenia) causam sintomas mais graves, portanto fique atenta a uma eventual piora.

De qualquer forma, o Veterinário pode pedir um hemograma completo, exame que é capaz de indicar se existe alguma condição infecciosa que não esteja sendo manifestada clinicamente. Se nada for constatado, faça outros exames de fezes daqui a alguns meses, de preferência seriados (recomendam-se exames em 3 dias seguidos), pois alguns protozoários como Giárdia e Isospora são difíceis de aparecer em exames isolados. Lembre-se de trocar a caixinha de areia e desinfetá-la, assim como lavar e desinfetar a área do banheiro e da comida do seu gato, nesses dias de exames e de tratamento, para que não haja reinfecção (do que quer que seja). O procedimento de alimentá-lo é: potinho de ração à vontade, para que o gato se alimente de pouco em pouco, várias vezes por dia.

Responder