Anônimo 05/05/2010 06:05 Educação Especial
Avatar

É correto trabalhar com notas para crianças inclusas?

Boa noite!
A minha pergunta vai aos pedagogos.
Senhores, sou professor de geografia em series finais e assistindo a uma reunião pedagógica na cidade de Itapema SC pude entender o atraso da educação no Brasil. Nesta cidade os alunos de inclusão são avaliados com números (notas), achei um absurdo que professores que passaram por uma teoria exaustiva em suas Universidades ainda utilizem valores para qualificar a aprendizagem de crianças com dificuldade de aprendizagem. Uma professora teve a coragem de dar nota 4,0 para uma pessoa que precisa do apoio docente para atingir sua evolução, não tenho nada a ver com o assunto, mas me indignei em observar a professora alegar categorigamente que a nota era aquela e que não iria alterar. Pergunto: o que vcs professores, pedagogos me dizem?

2 Respostas

GabrielM 05/05/2010 18:38 0 0

Uma falta de interesse total dessa professora, em ajudar esse aluno (a) que necessita de um bom “empurrãozinho”, concerteza essa professora deveria ser punida com muito rigor!

daniella 05/05/2010 18:56 0 0

Eu acredito que os alunos inclusos devam ser avaliados com notas, pois de outra maneira estariam sendo tratados com diferenças, e não com inclusão. Porém a questão é o CRITÉRIO para se atribuir tais notas. É claro que deve-se ter um outro olhar ao atribuir uma nota para uma criança que não tem os mesmos recursos que o restante da turma. Seria covardia esperar de um aluno com deficiência visual, por exemplo, o mesmo desempenho em geografia (que é uma matéria bastante dependente do visual) do que um aluno regular.
A nota 4,0 que a tal professora deu para o aluno incluso deveria ser motivo de vergonha para a própria professora que não soube adequar nem a sua aula e nem seu critério de avaliação ao aluno.

Responder